Ministério Público do Paraná tem novo ouvidor-geral

O procurador de Justiça Antonio César Cioffi de Moura foi eleito nessa quinta-feira (13) para o cargo de ouvidor-geral do Ministério Público do Paraná (MPPR). Ele obteve 61 dos 91 votos de procuradores de Justiça registrados no pleito. Houve 26 votos em branco e quatro nulos.

Candidato único na eleição, o novo ouvidor-geral assume o lugar do procurador de Justiça Ney Roberto Zanlorenzi, que ocupou a função nas gestões 2017/2019 e 2019/2021. A transmissão do cargo será no dia 20 de maio.

Currículo – Natural de Curitiba, Antonio César Cioffi de Moura ingressou no MPPR em 1981. Atuou em Campo Mourão, Barracão, Mallet, Rio Branco do Sul, Castro, Pato Branco e Pitanga, antes de chegar à capital, em 1991. Em Curitiba, atuou junto a Varas Criminais e do Júri. Foi promovido a procurador de Justiça em 1998 e ocupou a função de ouvidor-geral nas gestões 2013/2015 e 2015/2017.

Ouvidoria-Geral – A Ouvidoria-Geral do MPPR é um órgão independente e um canal de comunicação direta com o cidadão, por meio do qual a sociedade pode apresentar críticas, sugestões e denúncias de agentes ou funcionários públicos que firam o direito da cidadania ou desrespeitem a lei.

Entre as atribuições da Ouvidoria-Geral está a de receber, examinar e encaminhar representações, reclamações, críticas, apreciações, comentários, elogios, pedidos de informações e sugestões sobre as atividades e serviços desenvolvidos pelo Ministério Público. Além disso, o órgão representa à Administração Superior do Ministério Público ou diretamente ao Conselho Nacional do Ministério Público nos casos de graves indícios de ocorrência dos fatos noticiados e informa aos interessados sobre as providências adotadas e os resultados obtidos, excetuados os casos em que a lei assegura o dever de sigilo.

Qualquer pessoa pode procurar a Ouvidoria. Para melhor apreciação da manifestação, é importante que o interessado forneça o maior número de informações, tais como identificação pessoal; descrição do fato; local, data e forma como ocorreu; identificação dos envolvidos e, se houver, indicação de meios de prova (como documentos, testemunhas), entre outros. (Do MPPR).

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: