“Mais uma que Jair Bolsonaro ganha”, diz presidente sobre suspensão de testes da vacina CoronaVac

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira (10) em rede social, ao comentar a suspensão dos testes da vacina CoronaVac determinada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que se trata de “mais uma que Jair Bolsonaro ganha”.

No mesmo post, o presidente e citou o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), já que a vacina é desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan. Bolsonaro e Doria divergem desde o início do ano sobre as medidas contra a pandemia do novo coronavírus. A informação é do G1.

Bolsonaro fez a manifestação ao responder comentário de um usuário da rede social. Junto, Bolsonaro publicou o link de uma reportagem sobre a suspensão temporária dos testes da vacina contra Covid-19, determinado pela Anvisa.

O presidente da República fez uma publicação sobre ações adotadas no combate ao novo coronavírus, na qual afirmou que o governo trabalha “ao lado da ciência”. Ele foi perguntado por um usuário da rede social se, caso “a ciência disser que o Coronavac é seguro e vai imunizar a população, o Brasil também vai comprar e produzir a vacina?”.

Bolsonaro deu a seguinte resposta, junto com o link da notícia da suspensão dos testes:

“Morte, invalidez, anomalia… – Esta é a vacina que o Dória queria obrigar a todos os paulistanos tomá-la. O Presidente disse que a vacina jamais poderia ser obrigatória. Mais uma que Jair Bolsonaro ganha”, disse.

A Anvisa anunciou na noite dessa segunda-feira (9) a suspensão dos testes da CoronaVac, vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, após um “evento adverso grave”. A agência, entretanto, não informou a causa específica da suspensão. (G1).

Deixe uma resposta