Maioria no STF libera Copa América no Brasil

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou nesta quinta-feira (10) pedido do PSB para realização da Copa América no Brasil. O partido contestou a autorização do presidente Jair Bolsonaro para o país sediar o evento, mas os ministros consideraram que tal decisão é dos governadores.

Já votaram nesse sentido os ministros Cármen Lúcia, Marco Aurélio Mello, Ricardo Lewandowski, Edson Fachin, Gilmar Mendes e Dias Toffoli.

Nenhum dos governadores se opôs a abertura dos estádios onde ocorrerão os jogos — Distrito Federal, Rio de Janeiro, Mato Grosso e Goiás. A responsabilidade por qualquer surto será deles, conforme o voto de Cármen Lúcia, relatora da ação.

O presidente Bolsonaro havia encaminhado ao STF pareceres favoráveis do governo à Copa América no Brasil. Advocacia-Geral da União e Secretaria-Geral da Presidência argumentaram que será seguido um protocolo que prevê vacinação e testagem de jogadores, comitivas e árbitros, além de reiterar que não haverá público nas arenas.

Mesmo assim,os ministros Lewandowski, Fachin e Gilmar Mendes exigiram que o governo federal envie à Corte um plano para impedir o avanço da Covid durante a realização do evento. (De O Antagonista).

Deixe uma resposta