A lei é para todos, o filme

(por Ruth Bolognese) – Os meninos da Operação Lava Jato recusaram a glória máxima de andar no tapete vermelho na estréia do filme sobre eles  mesmos, ontem, em Curitiba. Mas compareceram em peso. Porque nada é mais excitante para a auto-estima do que se ver retratado na telona e, mais ainda, quando se está no papel de bonzinho. E, quase sempre carrancudo, bem lá no fundo, o juiz Sérgio Moro – interpretado pelo ator Marcelo Serrado – deve ter feito alguma avaliação pessoal, do tipo “mas meu cabelo é um pouco mais escuro…”

Não se viu nenhuma crítica sobre o filme em si, nem boa nem ruim, que do ponto de vista do espetáculo é o que interessa. E não se sabe, também, se políticos com o nome citado na Operação Lava Jato pagam meia ou inteira. Ou se terá sessão especial no Centro Médico de Pinhais. Mas a dúvida, para quem ainda não assistiu “Polícia Federal: a Lei é para Todos” é se Nestor Cerveró aparece como personagem. E em caso positivo, quem o interpretou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: