O deputado Nelson Justus (DEM) anunciou a desistência na disputa pela presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), deixando caminho aberto para a eleição do deputado Fernando Francischini (PSL), preferido do governador Ratinho Jr.

Segundo Justus, “há momentos na vida que a gente tem que recuar para avançar depois”. Justus esteve por oito anos na presidência da CCJ e agora, num acordo interno entre as bancadas, deve assumir a Comissão de Finanças.

A eleição do presidente da CCJ acontece nesta terça-feira (12) a partir das 13h30.