Justiça suspende sabatinas da Gazeta do Povo com candidatos à Prefeitura de Curitiba

O juiz da 177ª Zona Eleitoral de Curitiba, Rodrigo Domingos Peluso Junior, suspendeu a primeira rodada, a partir desta terça-feira (3), de um debate promovido pelo jornal Gazeta do Povo com os candidatos à Prefeitura de Curitiba. A suspensão vale até o julgamento de representação do Partido dos Trabalhadores e seu candidato a prefeito, Paulo Opuszka, contra o modelo adotado pela Gazeta de só admitir no debate os oito primeiros colocados na última pesquisa Ibope/RPC.

O debate seria realizado de 3 a 6 de novembro, em quatro rodadas, com a primeira prevista para esta terça-feira (3). O juiz deu prazo de dois dias para a Gazeta do Povo apresentar defesa. O não cumprimento da decisão implica pagamento de multa no valor de R$ 21.282,00.

A representação aponta “falta de isonomia no processo de seleção dos candidatos participantes” dos debates que seriam transmitidos via Youtube.

O jornal fez acordo para chamar os oito candidatos mais bem colocados na última pesquisa Ibope/RPC. Paulo Opuszka (PT) apareceu com 1% das inteções de voto, mesmo índice de Professora Samara (PSTU); Marisa Lobo (Avante); Professor Mocellin (PV); Zé Boni (PTC) e Letícia Lanz (PSOL). Em primeiro está Rafael Greca (DEM), com 46%. Em seguida vem Fernando Francischini (PSL) e Goura (PDT), com 8%; Christiane Yared (PL): 5%; João Arruda (MDB): 3%; Carol Arns (Podemos): 3%; e João Guilherme (Novo): 2%.

A primeira sabatina, entre os candidatos Goura (PDT) e João Arruda (MDB), foi realizada nesta terça-feira (3).

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui