Justiça manda Dallagnol tirar do ar vídeo em que chama STF de “Casa da Mãe Joana”

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) determinou que o ex-procurador da República Deltan Dallagnol (Podemos) retire do ar vídeos em que chama o Supremo Tribunal Federal (STF) de Casa da Mãe Joana”. Ex-coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, Dallagnol é candidato a deputado federal pelo Paraná e criticou a Suprema Corte em suas redes sociais.

Na decisão, a juíza auxiliar Melissa de Azevedo Olivas atendeu ao pedido do Ministério Público Eleitoral (MPE). Ela considera que as postagens seriam “claramente um ataque à instituição suprema do Poder Judiciário brasileiro” e cobrou a retirada dos vídeos do ar em um dia, sob pena de multa de R$ 5 mil. As postagens já foram retiradas do ar.

Nas postagens, Deltan dizia: Pessoal, essa casa até pouco tempo era conhecida como a suprema corte do país, e é uma casa essencial pra democracia. Mas infelizmente ela se tornou a casa da mãe Joana, uma mãe para os corruptos do nosso país. Por aqui passou a anulação de sentenças, a soltura de corruptos, o fim da prisão em segunda instância e muito mais. Foi aqui também que aconteceu a metamorfose de um político que passou de presidente condenado por corrupção para candidato a presidente.” (De O Antagonista).

1 COMENTÁRIO

  1. Bandido é recompensado faz menções patéticas e o máximo que faz é retirar a propaganda quando devia provar o que fala nos tribunais. Aliás fez parte do judiciário e antes nunca tinha falado esse tipo de bobagem, pois sempre almejava cargos maior e agora como perdeu a credibilidade foi para a politica para se safar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: