O Supremo Tribunal Federal (STF) está elaborando a lista tríplice para preenchimento de uma vaga de ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O jurista paranaense Marçal Justen Filho é um dos nomes cogitados para compor a lista que será levada ao presidente Jair Bolsonaro para a nomeação de um deles. Marçal conta com o apoio do ministro Luiz Edson Fachin.

Os outros dois possíveis integrantes da tríplice são os advogados Carlos Velloso Filho, cujo pai, Carlos Velloso, já foi ministro do STF, e Fabricio Mendes Medeiros, que conta com a simpatia de congressistas.