Ao votar, Francischini diz que sente nas ruas o segundo turno

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

O candidato a prefeito de Curitiba Fernando Francischini (PSL) votou por volta de 10h30 na (Fundação de Estudos Sociais do Paraná (Fesp), no bairro Alto da Glória. E comentou sobre a expectativa deste domingo (15)  na eleição municipal.  “A expectativa está muito grande. Eu percorri os 75 bairros da nossa cidade. Conhecendo os problemas, levando as soluções. Uma campanha forte”, destacou

A confiança de Francischini aumentou ainda mais após a grandiosa carreata por Curitiba, na véspera da eleição. “Ontem eu fiz uma carreata de oito horas, a maior carreata da minha vida política. Estou muito confiante hoje. As pesquisas indicaram erros brutais nas últimas eleições de prefeito e de senado. E nas ruas eu sinto o segundo turno”, disse.

“O próprio prefeito já falou há pouco que está esperando o segundo turno. Então, nós vamos voltar a conversar no final da tarde. E continuar debatendo a cidade”, afirmou.

Questionado sobre a última pesquisa, Francischini respondeu: “Quando abrir as urnas vocês vão entender o que estou falando. Eu tenho certeza do segundo turno. A cidade quer debater. Todos querem saber o que vai ser feito durante essa pandemia e no pós-pandemia”, comentou. E o prefeito foi o único dos candidatos que não quis debater com a sociedade. Então, o voto de hoje é um voto pelo segundo turno para aumentar o debate”.

Francischini estava acompanhado da esposa, Flávia Francischini, que concorre a uma vaga na Câmara de Vereadores, e da vice Doutora Letícia Pan.

Ao fim da votação, o candidato do PSL destacou ainda a boa atuação do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná na organização do processo eleitoral. “Observei que todos os cuidados foram tomados para se evitar a contaminação pela covid-19. O TRE está de parabéns pela organização, assim como os curitibanos que respeitaram as orientações e evitaram aglomeração nos locais de votação”, disse Francischini.

Deixe uma resposta