A famosa catedral de Notre-Dame, em Paris, foi atingida por um incêndio de grandes proporções nesta segunda-feira (15). Ainda não se sabe o que teria causado as chamas.

Até o momento, as autoridades francesas tratam o caso como um acidente. O fogo foi visto no topo da construção, nas duas torres principais. Uma operação dos bombeiros franceses está em curso enquanto a área é isolada.

De acordo com o porta-voz da catedral, o incêndio foi declarado às 16h50 (11h50 no horário de Brasília). Ele ainda informou que a estrutura que sustenta o telhado da igreja “está sendo devorada pelas chamas”.

Na última sexta-feira (12), 16 estátuas que adornam os telhados da catedral foram retiradas para restauração. De acordo com os bombeiros, o incêndio está “potencialmente relacionado” às obras na edificação.

A catedral foi construída no século 12 e recebe 13 milhões de turistas todo ano —é o monumento histórico mais frequentado da Europa.

Após tomar conhecimento do incêndio, o presidente francês, Emmanuel Macron, adiou um discurso que faria nesta segunda sobre medidas econômicas para aplacar os protestos liderados pelos “coletes amarelos”.