Feder diz que, se for convidado, aceita assumir o MEC

O secretário de Educação e do Esporte, Renato Feder disse, nesta quarta-feira (24), que se houver o convite oficial para assumir o Ministério da Educação (MEC), ele vai aceitar com muita alegria.

“Caso o presidente venha a me convidar, eu vou aceitar esse papel com a maior alegria. E por ter uma admiração muito grande pelo presidente Jair Bolsonaro”, disse.

Como foi amplamente noticiado, o secretário e o presidente se reuniram nessa terça-feira (23), em Brasília. Bolsonaro, segundo Feder, quis saber sobre projetos implantados pelo Paraná que podem ajudar no desenvolvimento da educação brasileira e também sobre os desafios que o MEC tem pela frente. A conversa durou aproximadamente uma hora e meia, segundo o secretário.

“Tivemos uma conversa muito boa, muito focada em educação. O presidente Jair Bolsonaro se mostrou muito interessado no que o Paraná tem feito pra melhorar a educação da população e dos nossos jovens”, disse Renato.

Segundo o secretário, Bolsonaro visitou o Japão, Taiwan, Coreia do Sul, e gostaria de saber o que o Brasil precisa fazer para caminhar e ser um país desenvolvido em educação.  (Informações do G1).

 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: