Processo de escolha do novo reitor da UFPR precisa de mais um nome

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

O nome do novo reitor da Universidade Federal do Paraná (UFPR) tem de sair de uma lista tríplice. Por isso, estão abertas inscrições para novas chapas concorrerem aos cargos de reitor e vice da instituição.  A lista tríplice é uma exigência do Ministério da Educação (MEC) e o novo procedimento está sendo adotado porque a recente consulta popular contou com apenas dois candidatos.

Aos nomes de Ricardo Marcelo Fonseca e Horácio Tertuliano Filho, que participaram da consulta, estão homologados, será acrescido mais um e, então, a lista seguirá para o MEC. Como se sabe, Ricardo Fonseca venceu a consulta.

O colégio eleitoral da UFPR se reunirá na quarta-feira (30) para, em votação uninominal e secreta, escolher qual das novas chapas vai compor a lista tríplice. Os novos candidatos terão até segunda-feira (28), às 12horas, para apresentar as suas postulações, No mesmo dia, até as 14 horas, serão homologadas as chapas, observando os critérios para poder participar da eleição.

Parecer da consultoria jurídica do MEC indica que é preciso diligenciar o máximo possível para completar a lista tríplice e, não tendo candidatos suficientes, deve-se abrir prazo para que novas chapas sejam escolhidas e caso haja mais de quatro candidatos, os nomes para compor a lista devem ser escolhidos por meio de votação secreta e uninominal no colégio eleitoral. O parecer também fala na possibilidade de abrir para inscrição de chapas de outras instituições federais que cumpram os requisitos.

 

Deixe uma resposta