Empresa vence licitação para contratação de estudos de nova ponte com o MS

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) definiu nesta terça-feira (31) o arrematante da licitação para elaboração dos Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) para construção de uma nova ponte de ligação do Estado com o Mato Grosso do Sul.

A licitação ocorreu pelo sistema de Pregão Eletrônico, no qual as participantes disputam entre si através de lances, com o menor valor sendo considerado arrematante. A empresa Neoconstec Consultoria Técnica arrematou o pregão com a proposta de R$ 2.767.866,65.

Os estudos serão custeados pela Itaipu Binacional, após convênio firmado entre a hidrelétrica com os governos do Paraná e Mato Grosso do Sul, no ano passado. Agora, a empresa terá um dia para protocolar os documentos de habilitação para que a comissão de julgamento do DER/PR analise sua capacidade e qualificação. Na sequência será declarada uma vencedora, ou, convocada a segunda participante para apresentação de documentos.

O prazo para conclusão do EVTEA será de 18 meses, a contar após a emissão da ordem de serviço. O objetivo do estudo é apontar vantagens, desvantagens, impulso no desenvolvimento socioeconômico da região, possíveis impactos ambientais, além das técnicas de engenharia a serem aplicadas para verificar de fato a viabilidade da obra.

 Infraestrutura

O projeto consiste em construir uma ponte sobre o Rio Paraná, que deve ter 2 quilômetros de extensão. A nova ligação será entre o distrito de Porto São José, em São Pedro do Paraná, na região Noroeste, com o município de Taquarussu, no Mato Grosso do Sul.

A ponte será um importante ponto de interligação entre as regiões Sul e Centro-Oeste do País, criando um novo corredor logístico entre os dois estados, que são os maiores produtores agropecuários do Brasil. A ideia é diminuir o tempo de viagem até o Porto de Paranaguá, gerando mais economia e agilidade no escoamento da produção.

A proposta também prevê no lado paranaense a restauração de 19,8 km da PR-577, incluindo a construção de um contorno em Porto São José, distrito de São Pedro do Paraná. Já no perímetro sul-mato-grossense, será realizada a implantação de 30 km da rodovia MS-473, além de um viaduto de acesso em Taquarussu. (AEN;foto: Rogério Dziura Jr./AEN).).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: