Eleições 2018 no Paraná: cada um por si

(por Ruth Bolognese) – Depois de meses de conversas, lero-lero, namoros e juras de amor, eis que os candidatos majoritários vão cada um para seu canto nas eleições de 2018 no Paraná. Basta ver os últimos acontecimentos e… bingo, não sobra uma aliança sequer no horizonte.

O senador Osmar Dias (PDT) gastou saliva e cigarro de palha, atraiu muitos interessados, mas recusou ofertas tentadoras de coligações e segue como sempre, ele e um ou outro partido menos comprometido, e que Deus nos ajude, amém.

O deputado Ratinho Jr (PSC) confiou em Beto Richa por mais de três anos, achando que seria o candidato preferido do governo e dos tucanos para 2018. Percebeu a tempo que o sempre presente marido, Ricardo Barros, já havia ocupado todos os espaços em nome da mulher, a agora governadora-candidata Cida Borghetti. Para Ratinho Jr sobrou o pastor Takayama e olha lá.

Cida Borghetti flanou, feliz, durante três anos e cinco meses em perfeita harmonia com Beto Richa e seu séquito, mas na hora em que assumiu o governo desandou a ver defeitos nos homens-chaves deixados como herança pelo antecessor. Até outubro, a continuar neste ritmo, vai sobrar cargo e faltar tinta na caneta, de tanta exoneração. Cida e a família Barros lutam com todas as forças para que uma amnésia geral atinja o Paraná e nenhum eleitor nem lembre, um dia, que Beto Richa existiu.

Como rejeição é difícil de engolir, Beto Richa quer sair na frente e se esquecer que, um dia, andou de braço dado com a família Barros. Antes só que mal acompanhado, reza a velha e boa cartilha política e daqui a pouco será o segundo mantra de Beto Richa. O primeiro, todos se lembram, é o “estou tranquilo quanto às denúncias”. Richa tem tudo para se tornar um solito na disputa pelo Senado.

E mais dois candidatos ao Senado também devem seguir sozinhos: Roberto Requião (PMDB), que queria tanto ter Osmar Dias ao seu lado, foi renegado e, no melhor dos mundos, terá o apoio petista para disputar o Senado.

O professor Oriovisto Guimarães (Podemos), começou sozinho, quer ser independente e assim vai continuar.

Gente ruim de alianças os nossos políticos paranaenses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: