Dívida leva a Caixa a pedir bloqueio das contas da Arena Corinthians

A Caixa Econômica Federal solicitou o bloqueio das contas da Arena Corinthians, no bairro de  Itaquera, em São Paulo, por conta de dívida na obra de construção do estádio. O clube reconhece o débito, mas contesta o valor e tenta um acordo com o banco.

No dia 22 de agosto, o banco estatal entrou com uma ação de execução para cobrar R$ 536.092.853,27 e pedir a inclusão do fundo Arena Itaquera no Serasa. Na ausência de qualquer pagamento, a Caixa solicitou no dia 23 de setembro passado o bloqueio das contas do fundo.

O pedido de bloqueio é de responsabilidade do juiz Victorio Giuzio Neto, da 24ª Vara Cível Federal de São Paulo. Na última terça-feira (1º), advogados do clube e gerentes do banco estiveram reunidos. Haverá um novo encontro com os diretores da estatal, dessa vez com a presença de Andrés Sanchez, presidente do Corinthians.

Segundo Sanchez, o débito é de R$ 470 milhões. Para a Caixa, o montante de cerca de R$ 536 milhões é a soma da dívida principal, de R$ 487.357.139,34, com R$ 46.797.165,08, fruto de uma multa.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: