Deputado paranaense apresenta projeto que cria passaporte sanitário no Brasil

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
O deputado federal Luciano Ducci (PSB-PR) apresentou projeto de lei, na Câmara dos Deputados, que prevê a comprovação da vacinação contra a covid-19 para a entrada no Brasil. A medida se estende aos brasileiros e estrangeiros vindos do exterior por fronteiras aéreas, terrestres, fluviais ou marítimas. A proposta sugere que a obrigatoriedade do passaporte sanitário seja mantida até que a Organização Mundial da Saúde (OMS) declare o fim da emergência sanitária.

O Paraná tem dois aeroportos internacionais (Foz do Iguaçu e São José dos Pinhais) e a fronteira mais movimentada do continente com o Paraguai por Foz do Iguaçu/ Ciudad del Este.

Médico pediátrica, Luciano Ducci defende a vacinação em massa para conter o avanço da doença sem que as fronteiras com outros países sejam fechadas. “Nem todos os países estão conseguindo cumprir as metas de vacinação previstas, o que tem levado ao surgimento de novas variantes do vírus, bem como o aumento de casos pelo mundo”, argumenta.

Na justificativa do projeto, o parlamentar paranaense defende ainda que este controle por vacinação é a maneira mais eficaz para evitar a proliferação de novas variantes “É necessário encontrarmos uma forma de diminuir a transmissão do vírus em território nacional e, por consequência, o contágio das pessoas. Por outro lado, não podemos fechar as fronteiras do Brasil para o mundo, uma vez que a circulação de pessoas e mercadorias é importante para a retomada da atividade econômica”, explica.

A exigência já foi adotada em outros lugares do mundo como EUA, Argentina e Espanha, que exigem a vacinação completa daqueles que chegam ao país, incluindo brasileiros que viajam para fora do Brasil.(Com informações da Gazeta do Povo)

Deixe uma resposta