Curitiba mantém bandeira amarela; decreto é prorrogado

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
A análise do Comitê de Técnica e Ética Médica revelou que a bandeira em Curitiba permaneceu em 1,7, mesmo patamar de 15 dias atrás. Com isso, a capital paranaense manteve a sinalização amarela e prorrogou o decreto que regula as atividades do município.

O novo decreto 1.180/2021, que prorroga por mais uma semana as determinações do decreto 1.130/2021, será publicado ainda nesta quarta-feira (21), com validade até 28 de julho.

Indicadores – O número de casos ativos do covid-19 na cidade está em 7.140, uma discreta queda de 2,3% em relação há 14 dias. O número indica a quantidade de pessoas com capacidade de transmissão do vírus.

A média móvel de novos casos nos últimos sete dias está em 656, uma diminuição de 13,7% em relação há 14 dias. Já a média móvel de óbitos dos últimos sete dias é de 15 casos, uma diminuição de 26,4% quando comparado com 14 dias atrás.

A taxa de internamento em leitos clínicos está em 61%. Já a taxa de ocupação de leitos de UTI está em 68%.

Alerta – Apesar da manutenção da bandeira amarela, a Secretaria Municipal da Saúde alerta sobre a necessidade de se manter os cuidados, mantendo o distanciamento social, uso de máscara e álcool em gel.

“Esse cuidado é ainda mais importante neste momento, pois temos a confirmação da entrada da variante Delta no município. Então, é necessário redobrar a atenção”, afirma a superintendente executiva, Beatriz Battistella Nadas.

Beatriz lembra que a bandeira amarela não significa a retomada da normalidade. “O contexto epidemiológico nos permite manter a flexibilização do funcionamento da economia, mas exige que todos mantenham cautela na adoção das medidas preventivas”, diz.(SMCS).

Deixe uma resposta