Comissão da Alep aprova projeto que objetiva valorizar o patrimônio cultural do Paraná

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

A conscientização para a preservação e importância dos bens culturais no estado é o que o objetiva o projeto de lei 498/2020, de autoria do deputado estadual Goura (PDT) com diversos parlamentares, que teve o parecer apresentado pelo relator, deputado Galo (Podemos), aprovado pela Comissão de Cultura, da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) em reunião realizada nesta terça-feira (22) e presidida pelo deputado Ademir Bier (PSD).

O projeto institui o Dia Estadual do Patrimônio Cultural a ser realizado em 17 de agosto e assim fortalecer a identidade regionais, garantir o direito à memória e contribuir para o desenvolvimento socioeconômico do estado, incentivando políticas públicas de preservação e valorização dos bens culturais no Paraná.

Segundo o autor, a data escolhida acompanha a celebração do Dia Nacional do Patrimônio Histórico, comemorado desde 1998.

Também com o objetivo de valorizar a cultura no estado, os deputados aprovaram parecer favorável do deputado Tadeu Veneri (PT) ao projeto de lei 535/2020, apresentado pelos deputados Emerson Bacil (PSL) e Evandro Araújo (PSC), que concede à cidade de São Mateus do Sul o título de Capital Paranaense da Cultura Polonesa, inserindo no calendário de Eventos do Estado do Paraná a Festa Tradycjie Polskie, realizada anualmente no último sábado do mês de agosto.

Por fim, os deputados aprovaram parecer apresentado pelo deputado Boca Aberta Júnior (PROS) ao projeto de lei 593/2020, do deputado Marcio Pacheco (PDT), que altera a lei 20214/2020 que instituiu a Semana Farroupilha de Cascavel.

Inicialmente a lei considerava a realização da festa na semana que incluísse o dia o dia 20 de setembro. A alteração proposta define a o período de 14 a 20 de setembro para a realização da festa.

 

 

Deixe uma resposta