Já estão disponíveis os documentos jurídicos – minutas de edital e de contrato de concessão da nova rodada –por 45 dias para a privatização dos aeroportos de São José dos Pinhais (Afonso Pena), Bacacheri (Curitiba), Londrina e Foz do Iguaçu. A abertura da consulta pública foi aprovada na última sexta-feira (14) pela diretoria da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Além disso, no dia 9 de março será realizada em Curitiba uma sessão presencial. Na Região Sul, nove aeroportos serão privatizados: Afonso Pena, Foz do Iguaçu, Londrina e Bacacheri, no Paraná; Navegantes e Joinville, em Santa Catarina; e Pelotas, Uruguaiana e Bagé, no Rio Grande do Sul. A contribuição inicial mínima é de R$ 516.278.067,20 (quinhentos e dezesseis milhões, duzentos e setenta e oito mil e sessenta e sete reais e vinte centavos). O valor estimado para todo o contrato da concessão é de: R$ 8.954.000.938,86 (oito bilhões, novecentos e cinquenta e quatro milhões, novecentos e trinta e oito reais e oitenta e seis centavos).

Em Curitiba, a sessão presencial será realizada no Mercure Aeroporto, na Rua Barão do Cerro Azul, 261 – Águas Belas, em São José dos Pinhais, a partir das 9 horas do dia 9 de março.