Cai sigilo de conversas de Moro com procuradores da Lava Jato

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Uma determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski retirou o sigilo de documentos que registram trocas de mensagem entre o ex-juíz federal Sérgio Moro e procuradores que atuaram na Operação Lava Jato. O documento, traduzido pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, tem, ao todo, 50 páginas e foi divulgado na íntegra pela coluna de Mônica Bergamo, no jornal Folha de São Paulo.

Parte das mensagens, já havia vindo a público e revela Moro orientando os procuradores sobre como apresentar a denúncia contra o petista no caso do triplex do Guarujá. A defesa do ex-presidente Lula teve acesso ao documento depois de uma determinação do próprio Lewandowski. O ministro decidiu que eles poderiam ter amplo acesso ao material apreendido na Operação Spoofing, que teve como alvo os hackers que conseguiram rastrear os celulares de autoridades de Brasília, entre elas o próprio Moro.

 

Deixe uma resposta