Christiane Yared diz que vai enfrentar o desafio da “nova escola”

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Mais que locais de transmissão de conhecimento, as escolas municipais serão espaços de acolhimento às nossas crianças em 2021. A retomada das aulas deve ser feita num contexto que valorize alunos, professores e funcionários. “Quando digo mais afeto e menos concreto, é disso que estamos falando. A retomada das aulas nas escolas municipais em Curitiba vai exigir o desafio extra de fazermos a nova escola que queremos”, diz Christiane Yared, candidata a prefeita pela coligação Curitiba Cidadã.

O papel social e até emocional da escola ganha relevância nesse novo momento, em que teremos que construir o novo também na educação. “Precisamos de ambientes mais colaborativos entre escolas e famílias, para mantermos o interesse das crianças após esse período tão longo fora das salas de aula”, afirma. “Estaremos atentos não só ao aprendizado das disciplinas tradicionais, mas também ao desenvolvimento emocional das crianças”, completa Christiane.

A escola será diferente após a pandemia, avalia a candidata. “Teremos que estar preparados para ensinar nossas crianças a serem mais resilientes, mais criativas, corajosas e independentes”, propõe Christiane. Ela prevê um grande número de alunos procurando a rede pública municipal, em decorrência da dificuldade de os pais pagarem as mensalidades de escolas particulares. “Vamos precisar de professores e funcionários compromissados. Para isso vamos rever o plano de carreira e valorizar esses profissionais”, afirma, reforçando o compromisso de recolocar Curitiba no primeiro lugar entre as capitais brasileiras no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). A cidade já liderou o ranking, mas hoje está atrás de Teresina (PI), Rio Branco (AC) e Palmas (TO).

 

Deixe uma resposta