Usuários se queixam de problemas com a nova operadora do ferry-boat de Guaratuba

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Bastou mudar a operadora de ferry-boat entre Caiobá e Guaratuba, no litoral do Paraná, para que a travessia passasse a ser um problema. Filas imensas, transtornos e tempo para embarcar de quase três horas são o retrato da nova situação. Não custa lembrar que o tempo médio de espera antes de uma nova empresa assumir a concessão era de 20 minutos. E o pior: a nova responsável pela travessia já aumentou a tarifa em 20%, elevando-a de R$ 7,40 para R$ 8,90.

Usuários dizem que a travessia virou um caos e passou a ser um descaso, segundo os usuários.

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR), órgão do Governo do Estado, informou apenas  que acompanha a situação e garantiu que a travessia passa por um momento incomum, de transição entre concessionárias, após décadas de atividade da empresa anterior.

Ainda segundo o órgão, a travessia em baixa temporada normalmente é feita por três embarcações e, segundo avaliação da empresa, a liberação das barreiras sanitárias municipais no acesso ao litoral resultou em uma demanda acima do esperado para Guaratuba.

O DER-PR informou ainda que notificou a empresa pedindo esclarecimentos do que está sendo feito e planejado para melhorar a situação.

Segundo o departamento, a empresa informou que uma balsa chegou na semana passada e que, assim que passar por adaptações e inspeção da autoridade marítima, passará a ser utilizada na travessia também.(Com informações do G1 Paraná).

Deixe uma resposta