UFPR diz que aulas podem ser interrompidas ainda neste ano

Se o atual corte de verbas na Educação for mantido pela União, os mais de 34 mil alunos da Universidade Federal do Paraná (UFPR) podem ficar sem aulas neste ano, de acordo com a instituição.A informação é do G1. O Ministério da Educação (MEC) foi alvo de dois contingenciamentos neste ano, determinados pelo governo federal como forma de enfrentar a crise econômica.

Segundo a UFPR, a data que as aulas deixarão de ser oferecidas ainda não foi definida. Mas, a medida será efetuada ainda em 2019 e atingirá todos os cursos. Ao todo, são 164 cursos de graduação, 45 cursos de especialização, 89 mestrados e 61 doutorados. Quase 28 mil alunos são estudantes da graduação, e outros 6,2 mil da pós-graduação.

A área de pesquisa da UFPR já vem sendo atingida pelo contingenciamento. As pesquisas, até o momento, foram parcialmente afetadas, segundo a instituição.

Por meio de nota, o MEC informou que a UFPR recebeu no dia 2 de setembro R$ 10,9 milhões em limite de empenho. Segundo o MEC, desde o início do ano a UFPR recebeu R$ 82,7 milhões em limites de empenho e que ainda resta à instituição R$ 19,6 milhões em orçamento disponível.”Dessa forma, este Ministério, após efetuar liberação orçamentária, não possui ingerência sobre os processos de pagamentos que estejam a cargo de suas unidades vinculadas”, diz trecho da nota divulgada pelo ministério.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: