Sociedade de Infectologia diz que usar hidroxicloquina é dinheiro perdido

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

A Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) lançou nota nesta sexta-feira (17) para afirmar ser “urgente e necessário” que o ministério da Saúde e os gestores públicos de todos os níveis abandonem a compra e distribuição de hidroxicloroquina para tratamento de pacientes infectados pela Covid-19. Recomenda que o dinheiro público gasto com remédio inútil seria melhor aplicado para aquisição de medicamentos que comprovadamente são eficazes e seguros e que estão em falta.

De acordo com a SBI, todos os estudos publicados até quinta-feira (16) por respeitadas instituições científicas internacionais concluíram, definitivamente, que a cloroquina, além de ser ineficaz, traz efeitos colaterais perigosos. Grupos de pacientes tratados com cloroquina e outro com placebo apresentaram os mesmos resultados clínicos: não houve melhora, não diminuiu períodos de hospitalização nem reduziu o número de mortos.

Veja o que diz a Sociedade Brasileira de Infectologia:

 

 

Deixe uma resposta