Rodovia das Cataratas: duplicação começa até abril de 2021

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Se tudo ocorrer dentro do prazo esperado, as obras da duplicação da BR-469 – a Rodovia das Cataratas, um dos mais importantes corredores turísticos de Foz do Iguaçu e região, no Paraná – devem começar já entre o final de março e abril de 2021. Um dos passos mais importantes para o início da construção foi dado nesta sexta-feira (25), no Palácio Iguaçu, em Curitiba,  com a assinatura do convênio de parceria entre a Itaipu e o governo do Paraná, firmado pelo diretor-geral brasileiro da binacional, general Joaquim Silva e Luna, e o governador Ratinho Junior.

Rodovia das Cataratas: duplicação começa até abril de 2021A duplicação terá um investimento de R$ 139,4 milhões, dos quais R$ 136,3 milhões serão financiados pela Itaipu Binacional e, o restante, pelo governo do Paraná, que será ainda o responsável pela licitação e gestão da obra. O trecho a ser duplicado da BR-469 tem 8,7 quilômetros de extensão. A obra começa no trevo de acesso à Argentina e termina na entrada do Parque Nacional do Iguaçu (PNI).

A assinatura da parceria ocorre menos de um mês depois de o presidente Jair Bolsonaro e demais autoridades lançarem em Foz a pedra fundamental da duplicação. O convênio faz parte do trâmite normal de uma obra desse porte. Já revisado, o projeto está sendo concluído e, após a aprovação pelo Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (Dnit), que deve ocorrer entre outubro e novembro, segue para licitação.

Passo a passo – Se não houver contratempos, como pedidos de recurso, a expectativa é de que o processo todo seja finalizado entre março e abril do ano que vem, com a assinatura da ordem de serviço para o início das obras.

“Só temos a agradecer todas as parcerias feitas com a usina de Itaipu, que nesta atual administração tem feito investimentos robustos para colocar o Paraná na vitrine mundial do desenvolvimento”, disse Ratinho Junior.

Ainda segundo o governador, “as três obras mais importantes dos últimos 30 anos de Foz do Iguaçu estão saindo agora, em apenas um ano e meio: a segunda ponte [entre Brasil e Paraguai], com mais de 400 pessoas trabalhando; melhorias e ampliação do aeroporto, que vai permitir mais turistas estrangeiros; e agora o convênio formalizado para a Rodovia das Cataratas, um grande investimento de infraestrutura que vai trazer mais negócios e gerar crescimento para a economia para Foz”.

O diretor-geral brasileiro da Itaipu retribuiu o agradecimento dizendo que a empresa está dando sua contrapartida à gente do Paraná, “um povo trabalhador e merecedor de ações e iniciativas que melhorem a vida de todos e também ajudem no turismo do…

Solenidade – Participaram da cerimônia, além do governador e do diretor-geral brasileiro de Itaipu, o vice-governador, Darci Piana; o secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex; e o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Fernando Furiatti.

Pela Itaipu também estiveram presentes o diretor de Coordenação, general Luiz Felipe Carbonell, e o diretor financeiro executivo, almirante Anatalicio Risden Junior, além de assessores.

 

 

 

Deixe uma resposta