Relatório mostra que Bolsonaro bloqueou 176 perfis que falaram sobre ele

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Levantamento da ONG Human Rights Watch e divulgado nesta quinta-feira (19) mostra que o presidente Jair Bolsonaro bloqueou 137 perfis de jornalistas, veículos de comunicação social, políticos e críticos nas redes sociais. De acordo com a organização, a maioria dos perfis bloqueados pelo presidente divulgou ou publicou algo relacionado a Bolsonaro. No total, foram 176 contas bloqueadas.

Apesar de bloqueios em perfis de redes nas quais o presidente utiliza para fazer anúncios oficiais, o chefe do Executivo nacional alega que perfis de direita também sofrem restrições. Contra isso, há 10 dias, ele informou que enviaria ao Congresso um projeto de lei “bastante curtinho” contra eventuais censuras promovidas pelas redes.

“[Se o projeto não for aprovado] Vai acontecer exatamente o que nós vimos nos Estados Unidos, onde quem apoiava o (ex-presidente americano Donald) Trump era censurado e quem não apoiava era exaltado. O mesmo acontece aqui no Brasil. Não temos alternativa a não ser nos socorrermos no Parlamento”, disse Bolsonaro, na ocasião.

Ao Uol, a presidente da Human Rights Watch no Brasil, Maria Laura Canineu argumentou que Bolsonaro tenta eliminar de suas contas pessoas e instituições que dele discordam para transformá-las em espaços onde apenas aplausos são permitidos.  (Do Metrópoles).

Deixe uma resposta