Relator propõe eleições nos dias 15 e 29 de novembro

O relator da Proposta de Emenda à Constituição  (PEC) de adiamento das eleições apresentou na noite dessa segunda (22) seu substitutivo. O  senador Wewerton Rocha (PDT-MA) propõe que o primeiro turno seja realizado em 15 de novembro e o segundo, em 29 de novembro.

Um dispositivo do texto permite a realização de um turno suplementar em Estados e municípios muito afetados pela pandemia até 27 de dezembro de 2020. A PEC deverá ser votada nesta terça (23) em sessão remota do Plenário do Senado Federal . O adiamento das eleições se fez necessário por causa do avanço da covid-19 e pelas medidas preventivas de isolamento social adotadas no país.

O substitutivo do relator estipula, ainda, os seguintes prazos:

A partir de 11/08: vedação à transmissão de programa apresentado ou comentado por pré-candidato.

De 31/08 a 16/09: escolha dos candidatos e definição das coligações

Até 26/09: registro das candidaturas no TSE

Após 26/09: início da propaganda eleitoral em rádio, TV e Internet

Até 15/12: envio das prestações de contas

A diplomação dos eleitos deverá ocorrer no dia 18 de dezembro e o julgamento das contas eleitorais terá prazo estendido, até 12 de fevereiro de 2021.

O texto autoriza os partidos políticos a realizarem convenções, escolha de candidatos e formalização de coligações por meio virtual. A definição dos critérios de distribuição dos recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha também não precisará ser presencial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: