O governador Ratinho Jr. estabeleceu um critério para liberar recursos para as universidades estaduais: meritocracia. Mais verbas receberão do governo as instituições que comprovarem que estão fazendo boa gestão. Segundo ele, o governo e reitores estão discutindo um modelo que dê mais transparência à administração, de modo que “a universidade que fizer uma boa gestão vai receber mais dinheiro e aquela que fizer uma gestão ruim receberá menos.”

A afirmação do governador foi feita em Campo Mourão, onde esteve nesta quarta-feira (15) para anunciar investimentos na região. Enquanto via manifestantes protestando contra cortes na educação, Ratinho disse que “não pode um alunos da área pública custar o dobro da área privada. Tem que ter explicações sobre isso. O dinheiro é do povo, não é do governador. Então é preciso transparência”.