Ramagem nega intimidade com Bolsonaro e ataca Moro

O diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Alexandre Ramagem, negou, em depoimento à Polícia Federal (PF), ter intimidade com a família do presidente Jair Bolsonaro. O depoimento foi prestado nessa segunda-feira (11).

“O depoente [Ramagem] tem ciência de que goza da consideração, respeito e apreço da família do presidente Bolsonaro pelos trabalhos realizados e pela confiança do presidente da República no trabalho do depoente, mas não possui intimidade pessoal”, disse Ramagem em depoimento.

Ramagem também acusou o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro de desqualificá-lo para assumir a direção-geral da PF.

O diretor da Abin prestou depoimento, em Brasília, no inquérito que investiga uma possível interferência de Bolsonaro na PF.

 

1 COMENTÁRIO

  1. Mas quem “controla” esta área sensível no “governo” Recruta Zero são os filhos .

    Quem precisa saber chegar não é o Presidente. E os chegados do delega já lhe garantiram o trampo

Deixe uma resposta