Quem sai e quem entra na Alep com a cassação de Francischini

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Os deputados estaduais Emerson Bacil, Do Carmo e Cassiano Caron, do PSL, podem perder seus mandatos na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) em consequência da cassação, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), do mandato do deputado Delegado Francischini. E quatro suplentes de outros partidos – Adelino Ribeiro (PRB), Nereu Moura (MDB), Elio Rusch (DEM) e Pedro Paulo Bazana (PV) – poderão assumir as vagas.

É que os 427.749 votos que ele conquistou em 2018 serão anulados e uma nova totalização será feita pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), levando à perda de cadeiras dos deputados que ele ajudou a eleger.

Conforme o recálculo a ser feito pelo TRE,  os atuais suplentes Adelino Ribeiro (PRB), Nereu Moura (MDB), Elio Rusch (DEM) e Pedro Paulo Bazana (PV) deverão assumir as quatro vagas.

Outra mudança que deverá ocorrer na Alep é na presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), ocupada por Francischini. Quem deverá assumir é o vice-presidente, deputado Márcio Pacheco (PDT).

Deixe uma resposta