Prefeito de Guaratuba decreta calamidade pública por problemas no ferry boat

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
O prefeito de Guaratuba, no Litoral do Paraná, Roberto Justus, decretou situação de calamidade pública de 30 dias por conta da dificuldade que a população da cidade e turistas estão enfrentando na travessia do ferry boat para Caiobá, no município de Matinhos. “Não dá mais, a empresa não tem condições de prestar esse serviço”, justificou Justus em vídeo.

Esta é a segunda vez que o município decreta calamidade pública por causa da situação do ferry boat. O prefeito explica que são inúmeros relatos, vídeos, que provam as dificuldades que os usuários do serviço de travessia estão enfrentando. “É manutenção de embarcação acontecendo no meio do período de trabalho, abastecimento das balsas no meio da execução do serviço, um amadorismo que nos assusta e nos preocupa. Isso pode levar a algum acidente, que possa levar a um dano ambiental, e quem sabe até um prejuízo para a saúde e para a vida dos usuários”, revela o prefeito.

Deixe uma resposta