Pequeno Príncipe recebe comenda Zilda Arns

Maior hospital pediátrico do Brasil, o Hospital Pequeno Príncipe, de Curitiba, receberá na terça-feira (10) a comenda Zilda Arns no Senado Federal, em Brasília. A homenagem destina-se a reconhecer indivíduos e organizações que se destacam na área da proteção à criança e ao adolescente. Será a primeira edição do prêmio, que terá ao todo 11 agraciados.

A comenda Zilda Arns foi criada em 2017 pelo Senado e leva o nome da médica Zilda Arns Neumann (1934-2010), sanitarista e pediatra que se destacou na ação social junto a populações carentes, atuando no Brasil e no exterior. Irmã do cardeal Paulo Evaristo Arns, ela foi fundadora da Pastoral da Criança, organismo da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que trabalha no desenvolvimento de ações de saúde, educação e cidadania com foco no bem-estar infantil e materno.

O Pequeno Príncipe completou 100 anos em outubro, período no qual se tornou referência no cuidado prestado a crianças e a adolescentes de todo o País. Sobre a sua atuação, cumpre registrar que destina 70% da sua capacidade de atendimento para o SUS e se destaca em procedimentos de alta complexidade, como transplantes de órgãos e tecidos. Além disso, é um tradicional centro formador de pediatras no Brasil. A indicação dos hospital ao prêmio partiu do senador Flávio Arns (Rede-PR). Da Agência Senado.

 

 

1 COMENTÁRIO

  1. Tanto Zilda quanto Cesar pernetta , foram dias pessoas dedicadas a infância.

    Parabéns ao pequeno príncipe , a prova vou vá de que quando algo vai bem todo mundo quer fazer parte.

    Agora precisa de visão para expandir, adentrar nos matão do país, levar o pediatra onde o povo está.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui