Oriovisto pede que Senado tenha cuidado para não prejudicar ainda mais o Pais

O senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) criticou, em pronunciamento nesta segunda-feira (25), projetos de lei apresentados devido à crise econômica gerada pelo coronavírus. Para ele, o Senado Federal  deve ter cuidado para não prejudicar ainda mais o país.

O senador não concorda com o PL 1.328/2020, que suspende temporariamente pagamentos das prestações das operações de créditos consignados em benefícios previdenciários. Segundo ele, essas pessoas são aposentadas ou funcionários públicos e não perderam seus salários.

Oriovisto também criticou projeto que eleva para 50% a alíquota da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) em relação às pessoas jurídicas de seguros privados e de capitalização (PL 911/2020).

— Isso levaria os bancos a terem que pagar de imposto alguma coisa perto de 80%. É claro que isso inviabiliza as operações dos bancos. E é claro que isso significaria o que, em última instância? Juros muitos mais altos para o Brasil, tudo que nós não precisamos.

O senador reclamou ainda do PL 1.166/2020, que estabelece teto de 20% ao ano para todas as modalidades de crédito ofertadas por meio de cartões de crédito e cheque especial para dívidas contraídas entre os meses de março de 2020 e julho de 2021. Para ele, não existe nenhuma base técnica para a proposta.

Oriovisto também afirmou que é contra a suspensão do ajuste anual dos preços de medicamentos e dos planos e seguros privados de assistência à saúde (PL 1.542/2020).

 

3 COMENTÁRIOS

  1. A caixa econômica federal foi o banco que teve menor lucro dos maiores bancos foram 3 bilhões de lucro no primeiro trimestre, muitos aposentados neste momento são a única fonte de renda de muitas famílias porque seus familiares estão desempregados por causa do Coronavírus, aposentados estão sobrecarregados e aparecem pessoas para prejudicar ainda mais.

  2. Dizem hoje os jornais que os bancos tem mais de 7 trilhões bem mais que o governo e esse senador preocupado com bancos é para acabar e o povo paranaense escolhe esse senador e o Flávio Arns e deixa Requião que sempre os defendeu para colocar esses cara, pelo amor de Deus dá até pena desse povo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui