Operação mira esquema bilionário de sonegação tributária

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
O Ministério Público Federal (MPF), a Receita Federal, a Polícia Federal (P), a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica deflagraram nesta terça-feira (28) a operação Blindagem Metálica, que mira um esquema de sonegação tributária de aproximadamente R$ 4 bilhões nos últimos cinco anos comandado por um grupo empresarial que atua na área de reciclagem e produção de alumínio.

Os agentes foram às ruas para cumprir 61 mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal de Taubaté (SP). Os trabalhos estão sendo realizados na capital e em cidades do interior paulista, como Sorocaba, Mogi Mirim e São José dos Campos, e também em outros estados, como Rio de Janeiro, Paraná, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal, Santa Catarina e Minas Gerais.

As investigações começaram 2018. O grupo já havia sido fiscalizado anteriormente e foi alvo de outras operações deflagradas pelo poder público. De acordo com as apurações, após as ações, o grupo aprimorou o esquema de fraude, caracterizado pelo uso de empresas “laranjas”. O grupo teria assumido o controle de outras companhias do setor nos últimos anos para cometer e expandir as irregularidades. Os crimes investigados são de sonegação fiscal, falsidade ideológica, uso de documento falso e fraude tributária. (De O Antagonista).

Deixe uma resposta