Oito cidades paranaenses já compartilham dados sobre segurança pública

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Com sete cidades paranaenses já integradas à rede de compartilhamento de informações, Araucária é o oitavo município a assinar o Termo de Cooperação Técnica com a Secretaria de Estado da Segurança Pública. Com o acordo, as instituições ficam comprometidas a ceder, entre si, informações como de imagens de câmeras de segurança, da prefeitura, e dos sistemas de gestão e de registro de ocorrências, com os da Secretaria.

Já fazem parte da rede cinco municípios da Região Metropolitana de Curitiba (São José dos Pinhais, Campina Grande do Sul, Pinhais e Campo Largo) e três do Interior (Sarandi, Arapongas e Londrina).

O objetivo é ampliar ainda mais estes números. “Queremos que outras cidades se integrem à nós, para que tenhamos um trabalho cada vez mais harmonizado e compatível com as necessidades dos paranaenses”, afirmou o secretário Romulo Marinho Soares.

Com o Termo, a Polícia Militar e a Polícia Civil passam a ter acesso às imagens de câmeras do município. “Isto facilita e agiliza o trabalho de investigação e inteligência das nossas forças policiais, o que acarreta em um atendimento ainda mais rápido às demandas da população, principalmente dos que habitam as cidades já envolvidas”, destacou o secretário.

Da mesma forma, a Guarda Municipal de Araucária será capacitada a registrar e editar ocorrências na plataforma do Boletim de Ocorrências Unificado (BOU), sistema já utilizado pelas polícias Militar e Civil. Os guardas municipais também terão acesso a uma das ferramentas de gestão da Secretaria – o Business Inteligence (BI), usado para compilação e gerenciamento de dados.

Outras questões abrangidas no termo envolvem o acesso às notificações de violência infantil e contra a mulher e a dados do Programa Nacional Bolsa Família e das áreas de saúde e educação do município, além do fornecimento da base cartográfica da cidade, com pontos de interesse para a Segurança Pública. (AEN).

 

1 comentário em “Oito cidades paranaenses já compartilham dados sobre segurança pública”

  1. ESCOLA EM TEMPO INTEGRAL E MERENDA ESCOLAR.
    Hoje seguimos para caminhos ruins, ao tempo em que se investe num Estado Policial, deveríamos no passado ter investido em ESCOLAS. Agora temos duas coisas ruins, nossa intimidade invadida ora por bandidos ora pelo Estado e considerando a infiltração das milícias o perigo só aumenta.
    Com Escolas boas em 20 anos seremos um Brasil Bom!

Deixe uma resposta