Nelson Justus chama promotora de “energúmena”

O deputado estadual paranaense Nelson Justus (DEM) criticou, na sessão desta segunda-feira (30) da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), a promotora núcleo de Paranaguá do Grupo de Atuação Especializada em Meio Ambiente, Habitação e Urbanismo (Gaema), do Ministério Público do Paraná (MPPR) , Priscila Da Mata Cavalcante, responsável por ações que questionam as obras de infraestrutura do Litoral do Estado. Justus – que tem base eleitoral em Guaratuba – criticou ação da promotora que, segundo ele, pede a suspensão da licitação e das obras de engorda da praia de Matinhos – alegando risco para o meio ambiente da região.

“Quando menos se espera, nós somos surpreendidos com uma ação civil pública na 11ª Vara impetrada pela não menos conhecida Priscila Da Mata Cavalcante, promotora de Paranaguá, que pede a suspensão imediata, não só da licitação como das obras que estão iniciando”, afirmou o parlamentar.

Justus argumentou que obras semelhantes veem sendo feitas em outros estados e cidades litorâneas, como Balneário de Camboriú (SC). “Eu fico a me perguntar qual a diferença que existe com o nosso Estado e com Santa Catarina”, disse. “Aqui no nosso Litoral não pode”, reclamou.

“Uma energúmena de uma promotora tem a capacidade – não combina comigo, eu sei, deputado presidente, mas há momentos em que nós temos que perder a linha, sim. Não é porque é promotora, ou procuradora, ou raio que os parta. É preciso que tenha-se equilíbrio e respeito com o povo do Paraná para exercer o cargo que exerce”, atacou o deputado.

Justus afirmou que entrou com uma moção de repúdio contra a promotora no processo, e pediu apoio dos demais parlamentares. “Entrei com uma moção de repúdio nos autos. Eu já assinei e já ingressei nos autos ainda hoje. Peço a assinatura dos demais senhores deputados, principalmente dos deputados brigam pelo Litoral, que têm voto no Litoral. E veem um sonho desse jogado fora pelo capricho de uma pessoa que usa do seu cargo para atrapalhar o nosso Estado”, conclui ele. (Do portal Bem Paraná).

3 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns Deputado Nelson Justos, o Paraná merece respeito; se SC pode ,porquê no nosso litoral não pode???? Açoes como estas merecem o nosso apoio.

  2. Sr deputado, louvo a atitude de se levantar contra o MP . De uns tempos para cá, parece que os Srs e Sras promotoras querem tomar a caneta do executivo e do legislativo como se a capacidade de estudar e passar em concurso lhes desse essa função de planejamento, execução e elaboração de leis! Ora , pra ajudar, de nada serve esse cabedal de conhecimento das leis. E também não lhes dá o conhecimento da realidade local.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: