Mourão diz que não se incomoda por ter sido excluído de reunião ministerial

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente Jair Bolsonaro fez uma reunião ministerial na manhã desta terça-feira (9) e deixou de fora o vice-presidente Hamilton Mourão. A reunião incluiu 22 dos 23 ministros – só não compareceu o titular das Comunicações, Fabio Faria, que está em viagem à Ásia. A reunião nem sequer constou na agenda oficial do presidente, mas estava nas de diversos ministros.

Desde o início da gestão, o presidente fazia mensalmente uma reunião do Conselho de Governo, sempre com a presença de Mourão, que ocupava cadeira ao lado direito do presidente.

Neste ano, entretanto, o vice deixou de frequentar as reuniões com o presidente. Em janeiro, estava afastado, com Covid-19. Agora, não foi chamado. Fotos da reunião desta terça mostram o espaço vazio onde Mourão costuma ficar.

O vice passou a manhã no gabinete, localizado em um dos anexos do Palácio do Planalto. Ao retornar do almoço, Mourão foi perguntado se tinha sido convidado para reunião.  “Não fui convidado. Não fui chamado. Então, acredito que o presidente julgou que era desnecessária minha presença. Só isso”, disse o vice. Questionado se está incomodado com a situação, respondeu: “Não”. (Do G1).

Deixe uma resposta