Moro: Brasil retrocedeu no combate à corrupção

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
O ex-juiz federal e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro afirmou, em entrevista publicada nesta terça-feira (10) pelo jornal Valor Econômico, que o Brasil retrocedeu no combate à corrupção. Moro, que atua como diretor da empresa de consultoria Alvarez & Marsal, disse que, diante deste cenário, as empresas brasileiras que quiserem entrar no mercado internacional precisam “agir independentemente do que acontece no âmbito público”

Sérgio Moro disse que “a política local tem sido, de certa maneira, frustrante, em relação a alguns retrocessos no combate à corrupção, mas as empresas precisam ter uma visão um pouco mais abrangente. […] Várias empresas privadas brasileiras buscaram mostrar que elas se encontram em outro momento, que elas são consistentes em suas políticas ambientais e que elas vão agir independentemente do que acontece no âmbito público.”

Moro, que atualmente vive nos Estados Unidos, não falou sobre política e apenas sorriu quando foi perguntado se estava disposto a ser o nome da terceira via nas eleições presidenciais de 2022.

 

Deixe uma resposta