Mercado eleva projeção sobre inflação para 8,59%, a 27ª vez seguida

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
O mercado financeiro alterou pela 27ª vez seguida a projeção sobre a inflação do país em 2021, de acordo com o boletim Focus, do Banco Central, divulgado nesta segunda-feira (11).

Agora, estima-se que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado  o índice oficial da inflação, acumule alta de 8,59% neste ano. Há uma semana, o mercado esperava uma inflação de 8,51% em 2021 e, há um mês, de 8%.

De janeiro a setembro deste ano, o indicador acumula alta de 6,9%, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Não há alterações sobre a previsão do Produto Interno Bruto (PIB) e da taxa Selic para 2021, que devem encerrar 2021 em 5,04% e 8,25% ao ano, respectivamente.

Para 2022, o boletim Focus elevou, porém, as previsões sobre a inflação de 4,14% para 4,17%; sobre o PIB, de 1,57% para 1,54%; e sobre a Selic, de 8,5% para 8,75% ao ano. (Metrópoles).

Deixe uma resposta