Limpeza no Tribunal de Contas

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Depois de décadas de bons serviços prestados ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), a empresa Higiserv, especializada em serviços de limpeza, perdeu a vez para a concorrente Orbenk Administração de Serviços Ltda.

O resultado da licitação foi homologado na sessão do Plena desta quarta-feira (16), ao preço mensal de R$ 382.986,76, o que corresponde ao valor estimado de R$ 7.659.735,20 para toda a execução contratual, que compreende o asseio completo da sede principal e do anexo do TCE.

Ao longo de sua história como prestadora do serviço no TCE, a Higiserv foi alvo de algumas investigações do Ministério Público Estadual e de decisões da Justiça do Trabalho. Em 2017, ela estava sendo intimada a devolver R$ 3.052.780,00 porque pagava motorista e empregados domésticos e serviçais da fazenda do conselheiro Quielse Crisóstomo (falecido em 2006). Herdeiros do conselheiro também deveriam arcar com parte da dívida, de acordo com o Ministério Público.

Deixe uma resposta