Justiça nega pedido do Novo e jornal do PSL pode circular

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

O juiz Rodrigo Domingos Peluso Júnior, da 117ª Zona Eleitoral de Curitiba, manteve nesta quarta-feira  (23) o direito de o PSL, partido do candidato a prefeito Fernando Francischini, distribuir jornais na cidade as suas propostas para o governo da capital paranaense. O magistrado não acolheu ao pedido do partido Novo, do João Guilherme, que pedia o recolhimento dos jornais.

Na sentença, Rodrigo Domingos Peluso Júnior diz que não vê “razão em acolher a presente representação (do Novo). Vejo do que consta nos autos divulgação de plataforma de candidatos, sem qualquer pedido de voto a quem quer que seja”. Em outro trecho, o magistrado cita: “Julgo improcedente a presente representação por entender que inexiste qualquer irregularidade a presente representação, pelo que determino o arquivamento.
Em nota, o PSL afirmou lamentar a iniciativa do Novo.

 

Deixe uma resposta