Já são 11 os presidenciáveis

 É possível que as eleições presidenciais do ano que vem tenham um número expressivos de candidatos ao Palácio do Planalto. Faltando dez meses para o pleito, 11 nomes aparecem no noticiário como pré-candidatos à Presidência, com dois deles polarizando as preferências, segundo as pesquisas eleitorais: o presidente Jair Bolsonaro, do Partido Liberal (PL), e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores (PT).

Os demais nomes d a lista dos pré-candidatos são: o ex-senador  Ciro Gomes (PDT),o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (União Brasil), o presidente do Senado Federal Rodrigo Pacheco (PSD), o senador Alessandro Vieira (Cidadania), a senadora Simone Tebet (MDB), o cientista político Luiz Felipe d’Avila (Novo), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), o ex-juíz federal e ex-ministro Sergio Moro (Podemos) e o deputado federal mineiro André Janones (Avante).Todos esses,aliás, se consideram pré-candidatos da chamada terceira via, que é uma posição intermediária entre Lula e Bolsonaro.

Destes nomes, estão certos como pré-candidatos Ciro Gomes, João Doria, Alessandro Vieira, Simone Tebet, Luiz Felipe d’Avila e André Janones. O petista Lula, que tem corrido o Brasil numa espécie de pré-campanha, ainda não decidiu se sairá candidato. Ele tem anunciado que vai tomar uma decisão no mês de março de 2022. O próprio presidente Jair Bolsonaro ainda não falou oficial e abertamente sobre uma candidatura à reeleição.

A lista oficial dos candidatos que concorrerão em 2022 será conhecida somente depois das convenções partidárias, a serem realizadas entre 20 de julho e 5 de agosto. A relação deve incluir ainda nomes de partidos nanicos da direita ou da esquerda. E não está descartada a formação de federações partidárias, a novidade para as eleições.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: