Governo lança edital para duplicação da Rodovia das Cataratas, em Foz 

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) publicou edital da duplicação da BR-469, a Rodovia das Cataratas, em Foz do Iguaçu, na região Oeste. Será um investimento de R$ 186.952.163,41 para duplicar o trecho de 8,70 quilômetros, implantar vias marginais, passeios, ciclovias, quatro viadutos e uma ponte, passa-faunas, iluminação central da rodovia e ao longo dos passeios.

“Celebramos um convênio com a Itaipu no final de 2020 para tirar essa obra do papel, mas o projeto era muito antigo, de 2014. Foi necessária uma atualização para atender as necessidades de Foz do Iguaçu, refletir o crescimento do município e região e o seu grande potencial de desenvolvimento”, afirma o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex. “Com isso vamos ter marginais mais longas, mais um viaduto, mais dispositivos de segurança e postes com luminárias de LED. Obviamente isso acarreta em um custo adicional. Para garantir celeridade ao processo, o valor foi disponibilizado orçamentariamente pelo próprio Governo do Paraná, o que nos permitiu publicar o edital imediatamente”, explica.

Prazos – As empresas e consórcios interessados devem protocolar suas propostas de preços e documentação até o dia 23 de março, na sede do DER-PR em Curitiba. No dia seguinte, 24, às 14 horas, será realizada a sessão de abertura de envelopes com os preços propostos pelas participantes.

A licitação acontece na modalidade concorrência pública, em que é declarada vencedora a empresa que apresentar a proposta mais vantajosa para a administração pública e cujos documentos de habilitação sejam todos aprovados.

O edital está disponível no site da Secretaria de Estado da Administração e da Previdência, na página Compras Paraná – Identificação do Processo: 8/2022. Órgão: DER – Departamento de Estradas de Rodagem. Modalidade: Concorrência Pública

Hotelaria – A obra tem início logo após o trevo Carimã (acesso para a Ponte Tancredo Neves) e segue até o portal de entrada do Parque Nacional Iguaçu. A BR-469 será duplicada em ambos os lados, com vias marginais de sentido único também nos dois lados da rodovia. Além da construção de um viaduto de acesso ao Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, uma nova ponte será executada sobre o Rio Tamanduá, próximo ao trevo. O prazo para a entrega dos serviços, uma vez concluída a licitação e assinado o contrato, é de 18 meses.

“Com essa obra vamos atender a demanda do setor de turismo e eventos, que tem na BR-469 o seu principal corredor turístico regional, e igualmente proporcionar segurança e conforto aos moradores que utilizam a via”, explica o diretor-geral do DER-PR, Fernando Furiatti. “E além da duplicação, vias marginais, viadutos e demais dispositivos, o edital também prevê a restauração do pavimento e sua conservação enquanto durarem os trabalhos, sendo essa a contrapartida do Estado.”

A BR-469 é a única via de acesso ao aeroporto internacional e às Cataratas do Iguaçu, além de concentrar a presença de empreendimentos de grande porte do setor de hotelaria e de eventos.

Parceria – A obra é resultado de um convênio entre Governo do Paraná, governo federal e a Itaipu Binacional. O valor inicial para sua execução, tendo como base o projeto executivo elaborado em 2014, era estimado em cerca de R$ 124 milhões, recursos que serão pagos pela hidrelétrica. Com a atualização do projeto, foi necessário garantir no orçamento do Estado um aporte de quase R$ 60 milhões para a execução da obra.

A parceria com a Itaipu Binacional inclui ainda a nova Ponte da Integração Brasil – Paraguai, a duplicação da BR-277 e do Contorno Oeste de Cascavel, a pavimentação da Estrada Boiadeira entre Umuarama e Icaraíma, a pavimentação entre Ramilândia e Santa Helena e a nova iluminação viária da BR-277 em municípios da região Oeste. Além disso, está em processo de licitação a restauração da Ponte Ayrton Senna, em Guaíra, e em tratativas para licitar a implantação do contorno no mesmo município. (AEN).