Governo federal cancela ato em que anunciaria Auxílio Brasil de R$ 400,00

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
O Ministério da Cidadania informou  nas tarde desta terça-feira que a cerimônia que ocorreria no Palácio do Planalto às 17 horas para anunciar o Auxílio Brasil com valor médio de R$ 400 foi cancelada. O presidente Jair Bolsonaro pretendia divulgar a criação de um benefício temporário aos mais pobres no valor de R$ 211,00, a ser pago entre novembro de 2021 e dezembro de 2022.

O impacto negativo no mercado, que levou a alta do dólar e a queda da Bolsa de Valores, pesou na decisão do governo. Além disso, economistas e empresários alertaram o presidente que a proposta afugentaria investidores.

Pela proposta do governo, benefício temporário será somado ao valor médio de R$ 189 do Bolsa Família, que será transformado no Auxílio Brasil, para totalizar R$ 400. O governo também pretende aumentar de 14 milhões para 17 milhões o número de famílias participantes do programa social.

Dos R$ 211, R$ 111 devem ser pagos dentro do teto de gastos e dependem da aprovação da PEC dos Precatórios, que será votada amanhã na comissão especial da Câmara. Ao adiar o pagamento de sentenças judiciais, o governo teria espaço fiscal no orçamento para bancar parte do benefício temporário.

O pagamento dos R$ 100 restantes do benefício extraordinário ficará fora do teto de gastos e custará R$ 30 bilhões. A ideia do governo é também incluir a previsão dessa despesa temporária na PEC do Precatórios. (De O Antagonista).

.

Deixe uma resposta