Governo e escolas particulares discutem retorno às aulas no Paraná

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (Seed) e o Sindicato das Escolas Particulares (Sinepe) estão discutindo protocolos de retorno das aulas presenciais na rede particular de ensino. Uma reunião entre representantes das instituições para tratar do assunto foi realizada nessa terça-feira (14). A expectativa é que o plano seja fechado até o fim de julho. A data de retorno ainda não está definida e depende do aval da Secretaria da Saúde (Sesa).

Participaram do encontro com a Secretaria da Educação a presidente do Sinepe, Esther Cristina Pereira, e a diretora de Relações Institucionais da entidade, Carmem Murara. Elas manifestaram a preocupação do setor para garantir um plano que possa ser cumprido por todas as escolas, levando em consideração as particularidades de cada instituição. As representantes apresentaram sugestões de protocolos internacionais e exemplos positivos usados em outras regiões do país.

Gláucio Dias, diretor-geral da Secretaria da Educação, destacou a importância destas contribuições. “As conversas setoriais do Comitê têm sido muito produtivas. No caso das escolas particulares, tivemos muitas contribuições de como podemos fazer a medição da temperatura, o distanciamento nas salas e também uma preocupação com as áreas da escola que normalmente reúnem muitas crianças”, destacou.

“Em suma, a preocupação de todos é a mesma: proteger todos, crianças, familiares e profissionais da educação. Por isso estamos compilando todas as contribuições e vamos formatar um plano único que atenda tanto a realidade da rede pública de ensino, quanto das escolas da rede particular”, completou o diretor.

REUNIÕES DO COMITÊ – Além do Sinepe, já se reuniram com a Secretaria da Educação as seguintes entidades: Conselho Estadual de Educação, Assembleia Legislativa, Ministério Público, União Paranaense dos Estudantes Secundaristas.

Até o dia 17 os demais integrantes do Comitê, como União dos Conselhos Municipais de Educação, União dos Dirigentes Municipais da Educação devem se reunir com a Secretaria.

O plano de retomada será elaborado na semana que vem, logo após a realização das reuniões setoriais. Até o fim do mês o plano deve ser apresentado aos epidemiologistas da Saúde e validado pelo Comitê.

A data de retorno das aulas presenciais no Paraná será fixada com base nas análises do desenvolvimento da pandemia no estado feitas pela Secretaria da Saúde. Ela só será definida quando a pasta compreender que há condições seguras para este retorno. (AEN).

 

Deixe uma resposta