Francischini pede revisão da pesquisa Ibope

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

O deputado estadual Fernando Francischini, candidato do PSL à Prefeitura de Curitiba, disse em nota oficial que vai entrar com ação judicial para ter acesso ao controle interno da Pesquisa Ibope divulgada nessa terça-feira (6) pela RPC.

O candidato tem 6% da intenção de votos, segundo a pesquisa, e, pela margem de erro, pode chegar a 10%. Assessores de marketing e propaganda de sua campanha dizem que nas pesquisas internas ele tem mais do que o dobro do que o Ibope apontou.

A nota oficial de Francischin:

“O candidato a prefeito de Curitiba, Fernando Francischini (PSL), vai ingressar com uma ação na Justiça para ter acesso ao sistema interno de controle da pesquisa do Instituto Ibope, divulgada na noite desta terça-feira (6).

A intenção é fazer uma verificação técnica e uma fiscalização da coleta de dados, incluída a identificação dos entrevistadores e, por meio de escolha livre e aleatória de planilhas individuais, mapas ou equivalentes, confrontar e conferir os dados publicados, preservando a identidade dos eleitores que responderam ao levantamento do Ibope.

Francischini vai requerer ainda à Justiça providências para, sendo constatada a divulgação de pesquisa fraudulenta, o processamento criminal com base na Lei das Eleições”.

 

2 comentários em “Francischini pede revisão da pesquisa Ibope”

  1. Massacre dos Professores

    Meteu bomba nos professores, o filhote cagou no camburão todo, humilharam àqueles que ensinam as crianças…. Daí pegaram seus carrões e foram para o imenso apartamento no Edifício Belluno no Ecoville, avaliado em R$ 6 milhões segundo dizem. Nessas eleições somente Camila Laynes representa quem trabalha. Vote contra a elite burguesa!!!!!

    Quem é rico mora no Ecoville
    mas quem trabalha nem tem onde morar
    Quem não chora dorme com fome
    mas quem tem nome joga prata no ar
    Ô tempo duro no ambiente
    ô tempo escuro na memória
    o tempo é quente
    E o dragão é voraz
    Vamos embora de repente
    vamos embora sem demora
    Vamos pra frente que pra trás não dá mais
    Pra ser feliz num lugar
    pra sorrir e cantar
    tanta coisa a gente inventa
    mas no dia que a poesia se arrebenta
    É que as pedras vão cantar
    Quem é rico mora na praia
    mas quem trabalha nem tem onde morar
    Quem não chora dorme com fome
    mas quem tem nome joga prata no ar
    Ô tempo duro no ambiente
    ô tempo escuro na memória
    o tempo é quente
    E o dragão é voraz
    Vamos embora de repente
    vamos embora sem demora
    Vamos pra frente que pra trás não dá mais
    Pra ser feliz num lugar
    pra sorrir e cantar
    tanta coisa a gente inventa
    mas no dia que a poesia se arrebenta
    É que as pedras vão cantar

  2. Deveria comemorar esses 6 por cento. Tá mais que bom pra ele. Quando fizerem a contagem oficial depois das eleições vai descobrir que não estava nem perto disso.

Deixe uma resposta