Se a moda pega… Na manhã desta quarta-feira (17), em Lima, o ex-presidente do Peru Alan Garcia (1985 a 1990 e de 2006 a 2011) tentou suicídio com um tiro na cabeça ao receber policiais em sua residência. Ele estava sendo preso por conexões com uma investigação sobre suborno no caso peruano da Odebrecht.

O advogado de Garcia, Erasmo Reyna, disse a jornalistas que “o presidente tomou a decisão de atirar”. O Hospital de Emergências Casimiro Ulloa, da capital peruana, informou que o ex-presidente, de 69 anos, tem “um ferimento de bala na cabeça” e está sendo operado.