Empresário aparece e presidente da CPI remarca depoimento para 30 de junho

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), reagendou para o dia de 30 de junho, uma quarta-feira,  o depoimento do empresário Carlos Wizard, apontado como integrante do Ministério da Saúde paralelo”.

Wizard deveria ter prestado depoimento na semana passada, mas faltou à sessão da CPI. Agora, sob ameaça de ser alvo de um mandado de condução coercitiva, a defesa do empresário procurou a cúpula da comissão, por e-mail, para agendar a data da oitiva.

A Justiça Federal já autorizou a apreensão do passaporte dele. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso rejeitou habeas corpus da defesa de Wizard, que pretendia suspender também a condução coercitiva imposta pela CPI. (De O Antagonita).

 

Deixe uma resposta