Empresa de Cascavel vai fornecer ovos para produção da vacina Butanvac

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

A Globobiotech, braço biotecnológico da Globoaves, de Cascavel, empresa referência mundial em biotecnologia e sanidade animal, será responsável pelo fornecimento de ovos embrionados, insumo necessário para fabricação da vacina Butanvac contra a covid-19. A Globoaves, que nessa sexta -feira (26)completou 36 anos de fundação, já contribui para a imunização dos brasileiros há 14 anos, fornecendo o mesmo insumo para a produção de vacinas contra a gripe (influenza). A informação é do portal Sou Agro.

O anúncio de que a Globoaves fornecerá o insumo necessário para a vacina 100% brasileira do Instituto Butantan, de São Paulo, contra a Covid-19 foi feito pelo diretor-presidente da Globoaves, Roberto Kaefer, em entrevista exclusiva concedida ao jornalista Vandré Dubiela, do Portal Sou Agro, diretamente da sede da empresa, em Cascavel. “Estamos muito orgulhosos em saber que a tecnologia de produção com ovos embrionados da Globoaves ajudará a salvar a vida de milhões de brasileiros”, comemora Roberto Kaefer.

O diretor-presidente da Globoaves revelou ainda que a Globoaves já vem fornecendo ovos ao Butantan para testes e produção da Butanvac desde o ano passado. Foram 3 mil ovos destinados para testes. Para a vacina da gripe, a Globoaves entrega diariamente ao Instituto Butantan 550 mil ovos embrionados, em quatro carretas climatizadas, como se fossem incubatórios sobre rodas, com temperatura interna de 28 graus e oxigenação. “Fomos pioneiros no Brasil em relação à essa tecnologia”. Com a previsão do Butantan de produzir 40 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 até maio, a Globoaves terá de fornecer inicialmente 20 milhões de ovos.

Deixe uma resposta