Eficácia da vacina Coronavac é de 50,38%

A eficácia da Coronavac foi de 50,38%, no ensaio clínico conduzido apenas com profissionais de saúde, mais expostos ao novo coronavírus. O diretor médico de pesquisa clínica do Butantan, Ricardo Palácios, voltou nesta terça-feira (12) a ressaltar que o ensaio no Brasil foi conduzido apenas com profissionais de saúde, e portanto mais rigoroso do que aqueles conduzidos na população em geral.

O número foi calculado considerando-se que 252 participantes do ensaio tiveram sintomas de Covid-19. Desses, 85 haviam recebido a vacina e e 167 o placebo. O número de vacinados diagnosticados, portanto é cerca de metade do número de diagnosticados que receberam o placebo.

Palácios acrescentou que a a resposta imune pode melhorar também com intervalos maiores entre a primeira e a segunda doses.

Na última quinta-feira (7), o governador de São Paulo, João Doria, disse, sem mostrar dados, que a eficácia da Coronovac teria sido de 78% na redução de casos leves da doença.

Na sexta-feira (8), o Butantan pediu à Anvisa autorização para uso emergencial da Coronavac no Brasil. (O Antagonista).

 

3 COMENTÁRIOS

  1. Então a filha do Prefeito de Ponta Grossa tem um frasco vazio de vacina do butantan! Parece que o dono temporário do Instituto está antecipando a campanha de 2022, fechando negócios com os municípios com mais de 200 000 hab, e para isso já aplica a primeira dose nos gestores e políticos que decidirem por comprar a vacina deles! Acho que é urgente o MP fazer a apreensão do frasco e fazer uma perícia para verificar essa HIPÓTESE, pois a mulher de Cesar tem que ter boa conduta até nas aparências.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui